Pré concepção e grávidas – Saiba tudo o que precisa

Os deficits micro nutricionais ou desequilíbrios nutricionais são frequentes tanto na mulher jovem como no homem durante o período fértil.

Estas carências micronutricionais durante o período pré-concepção ou durante a gravidez influenciam o estado de saúde a longo prazo do indivíduo que vai nascer.

Clínicas Viver Lisboa - alimentação inteligenteAlgumas delas exercem uma influência desfavorável sobre a regulação epigenética, e o sobre o bom desenvolvimento embrionário.

Questões relacionadas com a epigenética têm sido alvo de interesse de investigação cientifica e num futuro poder-se-á evitar muitas doenças através do estudo das alterações químicas que ocorrem do nosso DNA, que alteram a sua actividade sem lhe alterar a sua estrutura. Estas alterações, metilações, são consequência de influências ambientais e podem passar para gerações futuras.

Este é um grande desafio da ciência para o futuro, decifrar as alterações do DNA que conduzem a doenças, nomeadamente cancros, doenças cardiovasculares, reprodutivas, neurológicas e imunes.

O excesso de gordura na alimentação, por exemplo, é incapaz de provocar uma mutação genética (alteração do DNA) ou seja não altera a sequência das letras que formam o DNA.

Contudo, esse tipo de dieta pode alterar reações químicas ocorridas ao nível celular, ligando ou desligando, por exemplo, a actividade de um gene. As mudanças na activação de determinados genes ficam impressas na memória das células reprodutivas e estão por trás de diversas doenças transmitidas até duas gerações sucessivas.

Os mecanismos participantes na regulação epigenética, reações de metilação, ou seja, alterações graduais no DNA que vão acontecendo ao longo do tempo, ocupam um papel extremamente importante. Uma metilação óptima pode ser conseguida através de um aporte adequado de certos micros nutrientes nomeadamente os folatos.

Os folatos são compostos da família da Vitamina B9 (Ácido fólico) e são encontrados numa grande variedade de alimentos. As fontes mais ricas são o fígado, os vegetais de folha verde escura, os feijões, espargos, o germén de trigo, grão, lentilhas. Outras fontes são a gema de ovo, o linho, o sumo de laranja e o pão de trigo integral.

Se está gravida ou pensa ser mãe ou pai, num futuro próximo (3 meses), altere desde já a sua alimentação.

Siga os nossos conselhos, faça uma Alimentação Inteligente e tenha especial atenção no aporte de folatos.

Clínicas Viver © 2019 All rights reserved

Boosted by BYD