Porquê optar por legumes da estação?

legumes_de_invernoO conteúdo nutricional dos legumes e alimentos da época é substancialmente diferente de vegetais produzidos em condições climatéricas desfavoráveis.

Ao cumprir todo o ciclo, os vegetais vão captando os nutrientes do solo. Maior abundância, densidade nutricional e variedades de componente como vitaminas e minerais.

A natureza fez-nos assim, os alimentos típicos de cada estação têm maior concentração de nutrientes necessários. Por exemplo, os citrinos, a castanha têm altas concentrações em vitamina C, importantes no bom desempenhado do nosso sistema imunitário na defesa de gripes e constipações típicas do outono e inverno. É no outono que as laranjeiras e limoeiros estão carregados de frutos e também aparecem as deliciosas castanhas assadas!

O conceito de proximidade é importante na altura da compra, legumes da nossa terra não necessitam da adição de químicos que permitem a manutenção da qualidade após vários dias de transporte.

Os legumes da época têm menor concentração de químicos, fertilizantes e agrotóxicos. Podem ser mais bonitos, mas perdem o que é realmente importante, o seu conteúdo – Sabor, Cheiro e densidade Nutricional! No fundo, perdem vida.

Quando ingerimos uma maçã biológica recentemente retirada da árvore, estamos também a ingerir toda a vida e energia que essa maçã retirou da natureza.

Novembro

Alcachofra, beterraba, brócolos, couve-de-bruxelas, couve de vários tipos, raiz de aipo, chicória, alho francês, cogumelo, cebola, batata, abóbora, chalota, espinafre, nabo, agrião.

Clínicas Viver © 2019 All rights reserved

Boosted by BYD