Branqueamento dentário

BRANQUEAMENTO DENTÁRIO

NOVIDADE – BRANQUEAMENTO DENTÁRIO INOVADOR SEM PERÓXIDO DE HIDROGÉNIO

Com o objetivo de oferecer aos nossos doentes soluções eficazes, rápidas, indolores e com alternativas mais biológicos, as Clínicas Viver utilizam um método inovador para o branqueamento dentário feito em consultório.

Trata-se de uma tecnologia certificada que utiliza uma pasta sem peróxido de hidrogénio nem nenhum dos seus percussores e que é ativada com um equipamento que emite uma frequência criando um campo eletromagnético. Com este método de branqueamento dentário os resultados são visíveis na hora e o tratamento não apresenta nenhum risco de sensibilidade dentária.

Como em todos os métodos de branqueamento dentário, esta opção também não dispensa uma avaliação prévia pelo médico dentista a fim de estabelecer qual o melhor protocolo para cada caso, uma vez que, os resultados obtidos dependem de pessoa para pessoa.

Para obter mais informações ou marcar uma demonstração deste novo método, contacte-nos.

 

A procura de tratamentos de branqueamento dentário por razões estéticas tem assumido, ao longo dos últimos anos, um papel cadent2da vez mais preponderante na população, sendo hoje em dia uma das áreas de maior crescimento na dentisteria estética e restauradora. O número de pacientes que procura formas mais rápidas de branquear os seus dentes tem aumentado cada vez mais, e, por outro lado, os clínicos vêm-se obrigados a responder a estas necessidades, ao mesmo tempo que procuram manter a segurança nos procedimentos de branqueamento dentário.

 

OS BRANQUEAMENTOS DENTÁRIOS SÃO EFICAZES E SEGUROS?

Os métodos de branqueamento dentário têm registado um grande desenvolvimento, sendo que nos últimos 20 anos têm aumentado drasticamente as várias formas de branquear e remover as pigmentações dentárias, surgindo no mercado cada vez mais produtos com o objetivo de solucionar o problema da pigmentação dentária sem necessidade da intervenção de métodos restauradores. Existem hoje diversos materiais e técnicas de branqueamento dentário que, desde que selecionados e usados corretamente, permitem resultados eficazes de forma segura. Embora existam disponíveis no mercado (supermercados, farmácias, TV-Shops, etc) produtos de venda livre publicitados como branqueadores, nenhum paciente deve optar pelo seu uso, pois para além da sua menor ou duvidosa eficácia e da ausência de certificação e controlo de qualidade, constituem opções pouco seguras.

 

QUE MATERIAIS E TÉCNICAS DE BRANQUEAMENTO DENTÁRIO PODEM SER USADOS?

Excluindo de imediato os produtos de venda livre, pelas razões enunciadas anteriormente, no que se refere às técnicas de branqueamento dentário executadas ou acompanhadas por profissionais podemos distingui-las, de uma forma geral, com base nas concentrações dos produtos químicos usados e na forma como são aplicados. A concentração dos produtos ativos presentes nos materiais de branqueamento dentário pode variar num intervalo muito amplo (cerca de 10 vezes), tal como a forma como são aplicados, desde uma simples aplicação direta do material em casa pelo próprio paciente ou usando uma goteira confeccionada por um profissional e que se adapta rigorosamente aos seus dentes, até à aplicação direta de forma mais intensa efetuada por clínicos em ambiente de consultório. No primeiro caso utilizam-se geralmente os produtos de menor concentração (o peróxido de carbamida a 10% é o mais usado e estudado), por períodos variáveis (desde 1 a 6 horas diárias) durante vários dias ou semanas. No segundo caso usam-se produtos de maior concentração (usualmente peróxido de hidrogénio) que, por essa razão, devem ser aplicados por profissionais sob condições perfeitamente controladas.

 

QUE TÉCNICA DE BRANQUEAMENTO DENTÁRIO DEVE SER UTILIZADA?

A seleção da técnica de branqueamento dentário a ser usada depende essencialmente das condições clínicas do próprio paciente, das suas expectativas e da rapidez pretendida no tratamento. Para além destas premissas, deve ser o profissional a aconselhar a técnica mais correta sempre com base na melhor relação eficácia/segurança.

 

QUEM PODE EFETUAR UM BRANQUEAMENTO DENTÁRIO?

Em princípio, qualquer pessoa com um bom estado de saúde oral pode  efetuar um branqueamento dentário. Pacientes com problemas dentários (nomeadamente lesões de cárie, hipersensibilidade ou desgastes) e gengivais podem necessitar de tratamentos prévios. Relativamente à idade, mesmo os jovens e adolescentes podem efetuar branqueamento dentário, embora as características anatomo-fisiológicas dos dentes  nesta faixa etária exijam cuidados especiais. Pessoas que possuam restaurações e próteses na boca devem ser alertadas para a necessidade eventual de substituição das mesmas no final do tratamento, de forma a harmonizar a cor, na medida em que os produtos de branqueamento dentário não atuam na cor dos materiais que as compõem.

Clínicas Viver © 2019 All rights reserved

Boosted by BYD