Estrias: Como prevenir e tratar

Antes de mais é necessário saber que as Estrias são um rompimento das fibras elásticas que sustentam a nossa pele. O aparecimentos das estrias tanto pode ser em homens como em mulheres ou crianças (quando se dá um crescimento repentino). Porém são as mulheres que mais sofrem com este mal, cerca de 90%.

Uma pele com estrias é uma pele que possui colagénio e elastina, mas de forma totalmente desorganizada. Por isso, é importantíssimo fornecer substâncias que ajudem na reorganização destas duas proteínas, para que elas voltem naturalmente à sua disposição na pele.

Como tratar os diferentes tipos de estrias

estrias

Existem por isso vários protocolos médicos indicados para o tratamento e melhoria do tecido com estrias, seja em que zona do corpo se apresentem (mama, braços, glúteos, pernas etc). O ideal é sempre tratar de dentro para fora de forma a que os resultados sejam mais rápidos e visíveis. Existe sempre a possibilidade de tratar as estrias com protocolos integrados onde a combinação de técnicas e equipamentos é fundamental ou apenas com um equipamento. Tudo depende do tipo de estria, cor, extensão e profundidade. Se não forem tratadas, as estrias vão persistir e manter-se.

As estrias aparecem sem pedir “autorização”, se aviso prévio, logo a prevenção é necessária e fundamental, principalmente em determinadas alturas da vida, como é o caso da gravidez.

As estrias podem e devem ser tratadas logo que começam a aparecer, isto porque quanto mais cedo se começa a tratar a estria melhor o resultado final. As técnicas utilizadas podem ser diversas e complementares. Laser, dermapen, dermoabrasão e peelings.

Clínicas Viver © 2019 All rights reserved

Boosted by BYD