width=100%></p><p><strong>Afinal a Hipertensão não é apenas o excesso de Sal</strong></p><p>A <strong>alimentação no Paleolítico, </strong>considerada por muitos investigadores como uma dieta com enorme potencial terapêutico e caracterizada por ser pobre em sódio e rica em potássio, com uma concentração de potássio 5 a 10 vezes maior do que a concentração em sódio. Nos nossos dias o sal está espalhado e escondido por todo o lado, principalmente o sal refinado, cuja composição é apenas Cloreto de Sódio. A alimentação moderna, ao contrário da Paleolítica, fornece-nos grande quantidade de sódio e muito pouco potássio.</p><p>Em média, os alimentos que fazem parte do nosso dia-a-dia fornecem 3,584 mg de sódio (Na+) e 2795 mg de potássio, o que corresponde a um rácio K/Na de 0,77.</p><p>Na alimentação Paleolítica era tecnicamente impossível o rácio K/Na ser menor do que 5, ou seja, ingeria-se pelo menos 5 vezes mais potássio do que sódio. Para muitos cientistas esta é uma das principais razões do aumento exponencial de doenças nos nossos dias.</p><p>É, por isso, aconselhável eliminar por completo o consumo de sal refinado ou escondido nos alimentos de compra já elaborados ou transformados. Existem excelentes substitutos como flor de sal, sal marinho, sal dos Himalaias, ou sal cinza, que são ricos em todos os minerais e respeitam o rácio K/ Na.</p><p>Torna-se também importante aproveitar a água de cozedura dos legumes e não os cozer demasiado, já que cerca de 70% do potássio fica na água. A cozedura a vapor é o método que mais respeita a composição nutricional dos alimentos.</p><p>O consumo de sal refinado esta relacionado com Hipertensão arterial, enfartes do miocárdio, doença cardiovascular, osteoporose, cálculos renais e cancro do estômago.</p><p>Relatórios recentes, baseados em vários estudos experimentais e epidemiológicos realizados ao longo de vários anos, mostram que a alteração neste rácio (K/ NA) pode estar igualmente na origem das doenças mais comuns da atualidade, como:</p><p>– Iniciação e promoção de cancro</p><p>– Inflamação crónica</p><p>– Desregulação do sistema imunitário inato e adaptativo</p><p>– Doenças autoimunes</p><p>– Doenças cardiovasculares por síndrome endotelial</p><p>Ainda polémica, mas já com alguma evidência, acredita-se que há relação entre o consumo de sal refinado e doenças como o Síndrome de Ménière, insónias e asma.</p><p><em>Alimentos com má relação Sódio / potássio</em> – Pão, enchidos, queijos, conservas, batatas fritas, molhos já feitos, alimentos pré-cozinhados, industrializados.</p><p><em>Alimentos cuja concentração em Sódio e Potássio respeita o nosso metabolismo</em> –Alimentos naturais, legumes, fruta, carne, peixe.</p><p>Consulte a tabela anexa que lhe indica as concentrações de sódio e potássio nos alimentos.</p><p><span
style=
Alexandra Vasconcelos
Farmacêutica e Naturopata
Especialista em Medicina Natural Integrativa
Pós-graduada em Nutrição Oncológica, Nutrição Ortomolecular e Medicina Integrativa e Humanista
Autora do Livro “O segredo para se manter Jovem e saudável”
Diretora técnica das Clínicas Viver

 

Tabela com concentrações de sódio e potássio.

Cordain, Loren; Sebastian, Anthony. Dietary Salt (NaCl): An Evolutionary Perspective Examining Cancer, Immune function, Cardiovascular Disease, and Health.

Referencias:

Sebastian A, FrassettoLA, SellmeyerDE, Morris RC Jr. The evolution-informed optimal dietary potassium intake of human beings greatly exceeds current and recommended intakes. SeminNephrol. 2006 Nov;26(6):447-53

Bailey RL, Parker EA, Rhodes DG,etal. Estimating sodium and potassium intakes and their ratio in the American diet: data from the 2011-2012 NHANES. J Nutr. 2016 Mar 9. pii: jn221184.

Cordain L1, Eaton SB, Sebastian A, Mann N, Lindeberg S, Watkins BA, O’Keefe JH, Brand-Miller J. Origins and evolution of the Western diet: health implications for the 21st century.

Lindeberg S1. Paleolithic diets as a model for prevention and treatment of Western disease.

Cardiovasc Diabetol. Beneficial effects of a Paleolithic diet on cardiovascular risk factors in type 2 diabetes: a randomized cross-over pilot study. 2009 Jul 16;8:35. doi: 10.1186/1475-2840-8-35.

Leave a comment